Bariloche – Post 3 – Piedras Blancas

Os passeios em Bariloche dependem muito das condições climáticas. Por isso, todos os dias eu consultava dois sites: o snowforecast (que mostra as condições de neve nas principais estações de ski) e o accuweather (que mostra a previsão do tempo no mundo). A partir daí, fazia o que o pessoal do Mochileiros me orientou: se nevar na noite anterior, corra pros passeios de neve e, se o tempo estiver bonito, vá aos cerros. Pela manhã eu pedia pra recepção do hotel ligar pro local onde eu queria ir pra confirmar se as atividades estavam acontecendo normalmente.

Em nossa primeira noite em Bariloche nevou um pouquinho. Entao não pensamos duas vezes e rumamos para o passeio mais divertido de todos, segundo a opinião da maioria arrasadora das pessoas que conhecem Bariloche: Piedras Blancas. Localizado no começo do Cerro Otto, Piedras Blancas é um complexo de neve que conta com  pistas exclusivas para trineos (trenós). São 3 mil metros para a prática de skibunda na neve!

Funciona assim: na entrada você compra um ticket (pode optar por um que dá direito a uma descida ou o que permite 6 descidas). Com o ticket em mãos, você pega o seu trineo e o teleférico (cadeirinha aberta – ai meu Deus!).

Chegando a Piedras Blancas UHU!

Chegando a Piedras Blancas UHU!

Puuuura animação!!! A mamãe tava atrás, consideralmente mai tensa rsrsrs

Puuuura animação!!! A mamãe tava atrás, consideralmente mai tensa rsrsrs

Nem preciso dizer o quanto nos divertimos. Foi bom demais ver a felicidade da Dona Maricota no seu primeiro contato com a neve. Aliás, o lugar é ideal pra esse primeiro contato: bonito, divertido, alto astral. Muito legal mesmo, e não só pras crianças. Se você ainda tiver alguma dúvida, dá uma olhada nas fotos.

Ver a alegria da Dona Maricota --- não tem preço.

Ver a alegria da Dona Maricota — não tem preço.

Guerra de neve: 1, 2 e 3 ...

Guerra de neve: 1, 2 e 3 …

... já! Ops, a brincadeira não terminou bem ...

… já! Ops, a brincadeira não terminou bem …

Família deixando sua marca em Piedras Blancas

Família deixando sua marca em Piedras Blancas

Primeiro o papai,

Primeiro o papai,

... depois a Dona Maricota ...

… depois a Dona Maricota …

... e, por último a mamãe.

… e, por último a mamãe.

E os três juntos

E os três juntos

Protetor labial pra proteger do frio.

Protetor labial pra proteger do frio.

Entre os intervalos das descidas, você pode tirar umas fotos maravilhosas: com o boneco de neve mais lindo de Bariloche, em um iglu (“de verdade mãe!”), com um São Bernardo liiiindo (na verdade era uma menina chamada Alma)… As fotos são exclusivas de fotógrafos locais e, é lógico que você precisa pagar por elas. $60 por foto. Sim, é caro, mas irresistível. Dá uma olhadinha em algumas delas aí embaixo:

O boneco de neve mais lindo de Bariloche.

O boneco de neve mais lindo de Bariloche.

No iglu de verdade!

No iglu de verdade!

Apaixonados pela Alma ...

Apaixonados pela Alma …

Na base do complexo tem restaurante e lanchonete. Tudo simples mas bem gostoso. Dá pra matar a fome, fugir do frio.

Uma sopinha de abóbora pra esquentar.

Uma sopinha de abóbora pra esquentar.

E um super sanduíche com fritas pra matar a fome

E um super sanduíche com fritas pra matar a fome

Saímos de lá perto das 16h e voltamos para o hotel pra curtir uma piscina.

À noite fomos a um restaurante chamado Las Pastas de Gabriel, indicado por um conhecido do maridão. É um restaurante pequeno, especializado em massas. Esperamos uns 20 minutos pra entrar, mas o atendimento até que foi rápido. Quanto à comida, nada demais, apenas ok. Acho que não acertamos na escolha. Pedimos a Lasanha do Gabriel que, na verdade é uma mistura infeliz de ingredientes (até bolinhas de carne). Enfim, gosto não se discute. Acho que existem lugares melhores pra comer massa em Bariloche. Você conhece algum? Conte pra gente.

Lasanha do Gabriel. A cara tava ótima, o gosto...

Lasanha do Gabriel. A cara tava ótima, o gosto…

Fomos dormir exaaaaustos…

Próximo post: Cerro Otto

Mais informações sobre este destino:
Bariloche – Post 1 – Os preparativos: vôos e hotel
Bariloche – Post 2 – O que vestir, como se locomover e que moeda levar
Bariloche – Post 4 – Cerro Otto – Confeitaria giratória, skibunda e galeria de arte
Bariloche – Post 5 – Passeio de quadriciclo, Centro Cívico e patinação no gelo
Bariloche – Post 6 – Isla Victoria e Bosque de Arrayanes
Bariloche – Post 7 – Bar de Gelo
Bariloche – Post 8 – Esqui nórdico e museu do chocolate
Bariloche – Post 9 – Cerro Catedral

Anúncios

23 opiniões sobre “Bariloche – Post 3 – Piedras Blancas

  1. Olá! Penso em ir a Bariloche com minhas duas “Maricotinhas” de 5 e 7 anos em julho próximo, mas estou com muuuuuuito medo dos teleféricos!!! Quase desistindo da idéia… Rsrsrsss…Principalmente esses de Piedras Blancas, sem proteção nenhuma!!! Como é entrar e sair com crianças desses teleféricos? Você acha que minhas meninas são muito pequenas pra esse passeio? Por favor, gostaria da sua opinião de mãe…

    Curtir

  2. Olá, estou indo com a minha filha, q deve ser da idade da D Maricota. Ela tem 9 anos.
    Estou programando a viagem de acordo cm suas dicas. Gostaria q me respondesse se o Isla Victoria e Circuito Chico são indispensaveis???? Só tenho quatro dias inteiros em Bariloche e programei para, um dia piEdras blancas, outro cerro otto, outro centro de ski nordico e outro cerro catedral. Conforme suas dicas, vou verificar diariamente as condições climaticas para n me decepcionar com os passeios. O centro civico, patinaçAo no gelo, bar do gelo e museu do chocolate, vou tentar encaixar nos dias q a gnt chegar mais cedo ao hotel, mas ja estou prevendo correria.

    Curtir

    • Olá! Depende muito do perfil de vocês. Eu gosto de curtir os locais, passear, fazer as coisas com calma, bater pena… Eu não fiz Circuito Chico. Isla Victoria eu fiz em meio dia, mas ficou bem corrido. O lugar é muito bonito, mas acho que vale um passeio de dia inteiro, pra curtir, até porque o barco para em 2 ilhas. Deve ser um bom passeio para as épocas do ano mais quentes. Acho que sua programação está legal. O importante é curtir os momentos, sem correia, sem stress, sem pensar no que está perdendo… O que não der pra visitar agora, deixa pra próxima. Fica o gostinho para próxima visita… Boa viagem!

      Curtir

  3. Boa noite… Estamos indo à Bariloche início de Julho e gostaria por gentileza que nos respondesse um dúvida: esse passeio em Piedras blancas, vocês fizeram por vocês mesmos ou foram com alguma agência??? e qual se foi??? favor nos retornar. Carlos e Diná

    Curtir

    • Olá! Fizemos quase todos os passeios por nossa conta. O único que contratamos com agencia foi o passeio de barco a Isla Victoria e Bosque de Arrayanes, com a empresa Cau Cau. O de Piedras Blancas, fomos de remis e compramos os ingressos na bilheteria.

      Curtir

  4. Olá…bom dia…
    Quer dizer que o melhor lugar para curtir a paisagem e tirar boas fotos é no topo ?…
    As descidas e os finais de pistas não são muito legais…É legal só pra quem realmente quer fazer trenós ?…
    Então compensa comprar o ingresso que dá direito a subir até o topo…sem os trenós ?…
    Obrigada…abraços…
    Edson.

    Curtir

  5. OLÁ…BOM DIA…
    NOS PASSEIOS DE TRENÓS…A DESCIDA É DIRETA OU PODEMOS PARAR PELO CAMINHO PARA VER AS PAISAGENS…TIRAR FOTOS E DEPOIS CONTINUAR DESCENDO ?…

    OS MIRANTES…O IGLU…O BONECO DE GELO…O CÃO SÃO BERNARDO…ESTÃO NA BASE…NO TOPO OU EM PONTOS ESTRATÉGICOS PELO CAMINHO (DESCIDAS) ?…

    MUITO OBRIGADO…ABRAÇO A TODOS…
    EDSON.

    Curtir

    • Edson, as pistas são para os trenós. Você pode até parar no meio, mas não acho adequado pois pode causar acidentes… eu mesma fui “atropelada” no final da pista por um adolescente descendo de trenó… Esse passeio não é o mais adequado para curtir o visual. Se essa é a sua intenção, o Cerro Otto é melhor. As fotos foram todas tiradas no topo, próximo às pistas de descida.
      Um abraço!

      Curtir

  6. Olá Pé Na Estrada Com Dona Maricota…quando foi exatamente a data em que foram a Piedras Blancas…Disse que tinha nevado um pouco na noite anterior…mas vendo as fotos o tempo estava bonito e ensolarado…
    Obrigado…grande abraço…Edson.

    Curtir

      • Olá…bom dia…3 perguntas…
        É realmente necessário usar óculos escuros por causa do reflexo do sol na neve ou não é tudo isso ?…
        Pergunto porque sempre andei no sol forte e não tenho costume de usar oculos…
        No caso do skibunda e caminhada com raquete é realmente necessário usar calça impermeável ?…o resto eu já tenho…
        Todos os lugares que vcs foram tinha neve ou só nos cerros ?…

        O ano passado em agosto-2013 estive em El Calafate (Lagos Argentinos e Perito Moreno) depois subi de onibus para Bariloche (2 dias somente) depois fiz o Cruce Andino (Bariloche/Puerto Varas-Chile) 2 dias em Puerto Varas…depois voltei para Bariloche de onibus por uma outra rota e a noite voltei ao Brasil…
        Se eu puder ajudar em alguma coisa (informação) me manda um e-mail…

        Muito obrigado…Edson.

        Curtir

      • Edson, particularmente a claridade me incomoda muito, mas isso depende de cada um. Mas o uso do óculos é para proteção. Mesmo não incomodando, o sol direto na retina pode causar danos…
        Acho indispensável usar calça impermeável na neve, caso contrário você vai se molhar. Você pode alugar por lá. Foi o que fiz. Aluguei calça e casaco.
        Na época que fui só peguei neve nos cerros.
        Boa viagem!

        Curtir

Gostou do post? Tem alguma dúvida ou dica? Deixe seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: