Buenos Aires – Parte 1 – Dicas gerais

Quando falamos em Buenos Aires logo pensamos em tango e vinho. Mas, o que muitos papais e mamães não sabem é que a cidade tem atrações incríveis para os pequenos. Em dezembro/2011 ficamos 7 dias por lá, e o roteiro foi 80% dedicado exclusivamente à Dona Maricota. Mas, como somos pais, digamos, com um lado criança beeeem forte, curtimos tanto quanto ela.


Onde ficar?

Procurávamos um lugar com bom preço e estrutura mais nova (BsAs tem muuuuitos hotéis antigos). Alguns amigos nos indicaram alugar um apartamento ou flat, pois ficaria mais barato, mas, como era nossa primeira vez na cidade, ficamos meio inseguros e preferimos a conveniência de um hotel onde teríamos acesso rápido e fácil a informações, caso necessário, além de outras facilidades. Para o perfil de hotel que procurávamos nos recomendaram os bairros Recoleta ou Palermo, mas acabamos optando pelo Novotel, localizado no Centro.

O hotel é muito bem localizado, perto de tudo: comércio em geral, restaurantes, metrô, enfim, tudo de bom pra quem está com criança. Além disso, é moderno, confortável e kids friendly tendo, inclusive, promoções para famílias. O café da manhã é bem farto (apesar de ser quase o mesmo todos os dias) e o restaurante tem menu infantil. Também são bem atenciosos no atendimento e sempre nos davam dicas quando dizíamos pra onde seria o passeio do dia. Enfim, bom custo-benefício. Ah! E tem piscina, sempre bem-vinda quando estamos com os pequenos.


Taxi em BsAs

Nosso vôo foi para o aeroporto de Ezeiza, a 35km de BsAs. Pegamos um taxi em um guichê do Taxi Ezeiza . Os valores: $220 para ir e $180 pra voltar, ou seja, uma média de $200 (R$87,00) a corrida. O taxi foi o meio que utilizamos na maioria das vezes. Não achei tããão barato como nos disseram, mas ainda está em conta, se considerarmos a praticidade. Já ouvi muita gente falando de pequenos golpes dados por taxistas, mas não tivemos nenhum problema. Procuramos seguir algumas dicas de amigos: andar SEMPRE com dinheiro trocado, procurar taxi de cooperativa (com nome e tel nas portas) e, ao informar o destino, identificar a esquina mais próxima (por ex: Hotel Novotel, na Corrientes com Uruguay).


Trocando Pesos

Mesmo com a cotação bem mais alta, trocamos alguns poucos pesos aqui no Brasil mesmo, pra caso de emergência. O restante, trocamos no Banco de la Nación, dentro do próprio aeroporto. Funciona 24h por dia, tem fila, mas nada que assuste (foram uns 20 minutos de espera). Não troque pesos nos guichês próximos às esteiras rolantes, pois o câmbio é beeem mais caro.


Preparado para imprevistos

Conselho de amigo: leve uma farmacinha e faça um seguro viagem prevendo atendimento médico.

Este é um conselho especialmente valioso pra quem viaja com crianças para fora do país. Lembre-se de que os medicamentos por lá são diferentes (e você podei precisar de receita pra comprar medicamentos que aqui não exigem).

Se você ainda não se convenceu disso, vou te contar a minha experiência. Quando o avião se preparava pra pousar, Dona Maricota começou a reclamar de incômodo no ouvido. No caminho para o hotel ela já estava chorando compulsivamente. Chegamos ao hotel e medimos a temperatura: febre. E a pequena continuava chorando. Demos um remedinho pra febre e consegui colocá-la pra dormir. Enquanto isso meu marido acionou o seguro que previa atendimento médico “em domicílio”. Em menos de 1 hora o médico chegou, examinou e medicou a pequena. Diagnóstico: “otite, muuuuuita otite” (palavras da médica). Final feliz: 2 horas depois de medicada a pequena já estava pronta para o primeiro passeio, no Shopping Abasto, onde visitamos 2 atrações – Museu de Los Niños e Neverland. O passeio eu conto no próximo post.

Mais informações sobre este destino:
Buenos Aires – Parte 2 – Abasto Shopping, Museu de los Niños e Neverland
Buenos Aires – Parte 3 – Casa da Barbie
Buenos Aires – Parte 4 – Zoológico e Jardim Japonês
Buenos Aires – Parte 5 – Temaiken
Buenos Aires – parte 6 – Tren de la Costa e Parque de la Costa
Buenos Aires – Parte 7 – Tour no ônibus amarelo com paradinha no Caminito
Novas lojas da Barbie na Argentina

Anúncios

5 opiniões sobre “Buenos Aires – Parte 1 – Dicas gerais

  1. Pingback: Buenos Aires – Parte 3 – Casa da Barbie | Pé na estrada com Dona Maricota

  2. Pingback: Buenos Aires – Parte 2 – Abasto Shopping, Museu de los Niños e Neverland | Pé na estrada com Dona Maricota

  3. Pingback: Novas lojas da Barbie na Argentina | Pé na estrada com Dona Maricota

Gostou do post? Tem alguma dúvida ou dica? Deixe seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: